Notícias

Leilões de imóveis do INSS em Juiz de Fora, previstos para 28/11, são revogados

publicado: última modificação:
Foto de um prédio alaranjado Leilão de imóvel INSS Juiz de Fora

INSS leiloa dois andares corridos e cobertura de prédio, localizado na Rua Barão de São João Nepomuceno, 16 (Galeria Ali Halfeld)

Foram revogados os leilões de imóveis do INSS em Juiz de Fora, previstos para a próxima quarta-feira (28/11). O motivo da revogação foi mudança na legislação, que abriu a possibilidade de permuta por edificações a construir, com torna em pecúnia, conforme resolução nº 647/2018.

A venda de prédio e andares comerciais no Centro e no bairro Granberry do município da Zona da Mata mineira seria realizada em Belo Horizonte (MG).

Acesse os Atos de Revogação nº 5/2018 e 6/2018.

 


REVOGADO: Imóveis do INSS em Juiz de Fora (MG) serão vendidos em 28/11 em leilão em BH 

Prédio e andares corridos serão leiloados na capital mineira, às 10 e 13 horas, respectivamente 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realiza, na quarta-feira (28/11), leilões públicos de imóveis localizados na região central de Juiz de Fora (MG). A venda será em Belo Horizonte (MG), na sede da Superintendência Regional do INSS na capital mineira.
Às 10 horas, estará à venda um prédio localizado na Rua Antônio Dias, 480, no bairro Granbery, com terreno de mais de 1.500 metros quadrados (m²) e área construída de 1.331 metros quadrados. O preço mínimo à vista é de R$ 2,810 milhões.
Logo em seguida, às 13 horas, será a vez do leilão dos andares corridos (2º e 3º) e cobertura de prédio, localizado na Rua Barão de São João Nepomuceno, 16 (Galeria Ali Halfeld), com 1.082 metros quadrados (m²) . O preço mínimo à vista é de R$ 3,200 milhões.
Pode participar qualquer pessoa física ou jurídica, exceto servidores do INSS, membros da Advocacia Geral da União (AGU) em exercício na Procuradoria Federal Especializada do Instituto, assim como cônjuges ou companheiros desses agentes públicos.

Valores: como funciona
Caso não haja lance com valor igual ou superior a 100% do preço mínimo à vista, verificam-se os lances com valor igual ou superior a 80% desse preço. Se ainda assim não tiver proposta no valor estipulado, observa-se o lance com valor igual ou superior a 60% do valor do imóvel. Hipótese essa que pode ocorrer no mesmo dia, na sequência do leilão.

Documentação
Os anexos I (proposta) e V (declaração independente de proposta) dos editais, juntamente com o recibo de caução, são documentos indispensáveis a serem apresentados pelos interessados.
Veja também os editais com todos os detalhes:
Edital nº 5/2018: Imóvel na Rua Antônio Dias, 480, no bairro Granbery
Edital nº 6/2018: Imóvel na Rua Barão de São João Nepomuceno, 16 – Galeria Ali Halfeld

Informações, vistoria e caução
Para saber mais, é possível buscar informações de segunda a sexta-feira, na Superintendência Regional do INSS, em Belo Horizonte (MG): Avenida Amazonas, 266 – Centro.
Para participar do leilão, os interessados deverão recolher à Caixa Econômica Federal, até um dia útil antes da data designada para o recebimento das propostas, a título de caução, a importância, em reais e à vista, correspondente a 5% do valor mínimo estabelecido para o imóvel pretendido.
A autorização para o recolhimento da caução deve ser solicitada até as 16 horas do dia 27 de novembro, nos endereços mencionados acima para informações.

Acesse o cartaz.

Clique aqui para saber mais sobre este e outros leilões.

Serviço
Leilão de imóveis localizados em Juiz de Fora (MG)
28 de novembro (quarta-feira), às 10 horas (prédio) e às 13 horas (andares e cobertura)
Superintendência Regional – Avenida Amazonas, 266 – Belo Horizonte (MG)
Informações: (31) 3249-4915 | 3249-4909 | 3249-4921
(32) 3257-5222