Notícias

PFE e Corregedoria do INSS participam da Semana de Combate à Corrupção Transnacional 

 Treinamento, realizado no Palácio do Itamaraty, tem como objetivo reunir agentes de combate à corrupção da América Latina e Caribe

Representantes da Procuradoria Federal Especializada (PFE) e da Corregedoria-Geral do INSS participaram da Semana de Combate à Corrupção Transnacional, que ocorreu entre os dias 3 e 6 de setembro, no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

O objetivo do treinamento foi reunir agentes de combate à corrupção da América Latina e do Caribe para debater sobre responsabilização de empresas, ferramentas de combate ao suborno transnacional, boas práticas anticorrupção, entre outras. E foi promovida pela Controladoria-Geral da União (CGU), Advocacia-Geral da União (AGU) e Ministério Público Federal (MPF).

A ação contou com a ajuda do Departamento de Justiça norte-americano (DOJ), da Federal Bureau of Investigation (FBI) e da Securities and Exchange Commission (SEC).

Combate às fraudes

Para o Procurador Federal e Coordenador de Assuntos Estratégicos da PFE INSS, Rodrigo Bezerra Dowsley, a Procuradoria do INSS está cumprindo seu mister ao incrementar seu trabalho focado no combate às fraudes previdenciárias. “Os resultados já são perceptíveis. Poder participar deste treinamento e adquirir algumas expertises de outros países é muito gratificante e, com certeza, será revertido em benefício do próprio INSS e do Fundo do RGPS”, afirmou.

Também representando a PFE esteve a Procuradora Federal e Chefe da Divisão de Integridade e Ações de Controle da Procuradoria, Ivja Machado, que considera que o compartilhamento de experiência com autoridades norte-americanas quanto às melhores práticas de detecção de fraudes e de atos de corrupção, para além dos mecanismos mais eficientes na recuperação de créditos, certamente contribuirá para o enfrentamento de fraudes previdenciárias e o fomento à integridade pública

Já para a servidora do INSS e Chefe da Divisão de Acompanhamento e Normatização da Corregedoria Geral, Patricia Oliveira, a ação visa reunir servidores públicos e autoridades internacionais que atuam no combate à corrupção para apresentar ações e políticas adotadas nos países na responsabilização de empresas e agentes públicos responsáveis por atos de corrupção e aprimorar as boas práticas anticorrupção, fortalecendo assim a cooperação mútua.

 

 

 

 

 

 

 

Categorias: ,