Cadastrar Declaração de Cárcere/Reclusão

publicado 9 de Maio de 2017 11:55, última modificação 31 de outubro de 2018 18:22

Serviço que permite ao cidadão apresentar ao INSS o documento que informa se o segurado está recolhido em regime fechado ou semi-aberto para evitar a suspensão do pagamento do auxílio-reclusão.

Essa declaração deve ser apresentada a cada três meses.

Saiba mais sobre quem são os dependentes do segurado do INSS.

Quem pode utilizar esse serviço

Dependentes do segurado do INSS preso em regime fechado ou semiaberto, que recebe Auxílio-Reclusão.

Etapas para realização desse serviço

  1. Solicitação do serviço

      Acesse o Meu INSS

      Informe seus dados, clique em “não sou um robô” e depois em “continuar sem login”.

      Clique em “Novo requerimento” e  digite no campo “pesquisar” a palavra “forma de pagamento” e selecione o serviço desejado.

  1. Compareça à unidade do INSS,  no dia e hora marcados, com os documentos necessários.

Documentos originais necessários

  • Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver;
  • documentos pessoais do interessado com foto;
  • Declaração de cárcere.

 

Outras informações

  • Regime aberto: Caso o cidadão recluso mude para o regime aberto ou seja posto em liberdade, deverá ser apresentado imediatamente ao INSS, a declaração com essa informação ou  Alvará de Soltura, a fim de que não ocorra recebimento indevido do benefício

 

Canais de Prestação

meu.inss.gov.br

Telefone 135

Aplicativo para celulares Meu INSS

 

Ficou alguma dúvida?

Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135.

O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).