Restituição, ressarcimento, reembolso e compensação

publicado 11 de Maio de 2017 08:29, última modificação 21 de dezembro de 2017 14:30
Valores possivelmente calculados e pagos incorretamente à Previdência Social ou a outras entidades e fundos.

O que é?

O pedido de restituição, ressarcimento, reembolso ou compensação, é a possibilidade que o contribuinte tem de requerer à Receita Federal do Brasil, a possibilidade de ser ressarcido por valores possivelmente calculados e pagos incorretamente à Previdência Social ou a outras entidades e fundos.

O direito à restituição estará condicionado à comprovação do recolhimento ou do pagamento e somente para valores que não tenham sido alcançados pela prescrição.

 

O que pode ser restituído?

Poderão ser objeto de restituição:

  • contribuições sociais previdenciárias, inclusive as descontadas dos segurados ou de outras entidades e fundos, e, quando for o caso, atualização monetária, multa e juros de mora correspondentes ao pagamento indevido;
  • salário-família não-deduzido em época própria;
  • salário-maternidade pago à segurada empregada cujo início do afastamento do trabalho tenha ocorrido até 28 de novembro de 1999, não-deduzido em época própria;
  • salário-maternidade pago à segurada empregada cujo início do afastamento do trabalho tenha ocorrido a partir de 1º de setembro de 2003 ou referente ao período de 29 de novembro de 1999 a 31 de agosto de 2003, que tenha sido requerido a partir de 1º de setembro de 2003, não-deduzido em época própria;
  • contribuições sociais destinadas a outras entidades e fundos.

 

Como pedir?

Desde a fusão da Receita Federal com a Receita Previdenciária em março/2007, os pedidos de restituição devem ser feitos exclusivamente através da Receita Federal do Brasil.

Consulte agora a página da Receita Federal

 

Assuntos relacionados

desenho de uma carteria uma moeda ao lado, acima uma mão segura algumas notas, fundo verde

Restituição, ressarcimento, reembolso e compensação

Valores possivelmente calculados e pagos incorretamente à Previdência Social ou a outras entidades e fundos.

desenho de um gráfico de barras formado por moedas empilhadas

Tabela de contribuição mensal

O pagamento é até o dia 15 do mês seguinte àquele a que se refere a contribuição