Notícias

Site do INSS tem mais de 56 milhões de acessos mensais

Por meio do canal, cidadão tem acesso aos principais serviços do Instituto, como o Meu INSS e informações sobre benefícios
publicado: última modificação:

Lançado há sete meses, o site do INSS na internet apresenta crescente evolução no número de acessos de usuários, entre outros dados positivos. Somente no mês de março deste ano, foram 56,8 milhões de visualizações. O quantitativo é 20% superior ao mês anterior (fevereiro) e supera a população de países como África do Sul, Espanha e Coreia do Sul, apenas para se ter uma ideia.

É por meio do site do INSS que o cidadão tem acesso aos principais serviços do Instituto, como o Meu INSS, informações sobre benefícios, orientações diversas e, ainda, notícias sobre serviços e as atividades da Autarquia.

Entre o público que acessa o site, a maioria é de brasileiros. Mas os serviços oferecidos pelo INSS também têm chamado a atenção de estrangeiros. Depois do Brasil, os países que mais buscam a plataforma são os Estados Unidos, Portugal, Reino Unido e Itália. Parte desses acessos pode ser explicada pelos Acordos Internacionais. O INSS mantém acordo firmado com a Itália desde 1977 e com Portugal desde 1995.

Já quanto ao tempo de permanência do cidadão no canal, a média é de quatro minutos e os serviços mais buscados são, em ordem de procura: consulta de situação de benefício, agendamento, extrato de pagamento de benefício, auxílio-doença e Meu INSS.

O público que acessa o site do INSS abrange todas as faixas etárias, com uma concentração maior entre pessoas de 25 a 44 anos. E seja pelo computador (desktop) (68,92%) ou pelo celular (30%), acessar o site do INSS é rápido e fácil. Ele é versátil e funciona nos dois ambientes.

Tags: , ,
Categorias: ,